A

Abbatepaolo - Sobrenome de origem italiana, classificado como tendo sua origem em uma atividade profissional, é composto de duas partes, abate que significa "padre" e paolo (paulo), assim a grosso modo podemos traduzir abatepaolo como "Padre Paulo", o sobrenome se referiria a um filho ou protegido de um padre assim denominado, portanto "Fulano Abbatepaolo" seria "Fulano o protegido do padre Paulo", este pôr sua vez dessiminou o uso do sobrenome, a forma Abbatepaolo é uma variação regional encontrada na própria Itália e as formas Abbatepaulo e Abatepaulo são as mesmas variações porem com grafia já abrasileirada, provavelmente ocorrida na época que a família imigrou para o Brasil, todos tem a mesma origem.

Abreu - Sobrenome de origem portuguesa, classificado como sendo um toponimico, ou seja de origem geografica, deriva do gotico awi ( agradecimento, graças ) e red ( proferir, dar ). Vasco Nunes de Abreu parece que é o primeiro deste sobrenome ( século 11 ). É seu solar a torre de Abreu, junto a Valença do Minho.

Abud - Infelizmente não possuimos nada a respeito deste sobrenome, caso alguem possua algum material, por favor, envie-nos.

Aderaldo - Sobrenome patronímico, ou seja, deriva do nome do pai do portador inicial, o nome Aderaldo é uma variação de Adroaldo o qual provem do germânico Adloald significando "o que governa com nobreza".

Adriano - Sobrenome italiano classificado como sendo um toponímico, pois sua origem é geográfica, trata-se da forma italiana para a designação latina Hadrianus, indicando um cidadão oriundo da cidade de Hadria ( atualmente Adria, ao sul de Veneza ), da qual provem a denominação de Mar Adriático. Provavelmente o fundador deste tronco familiar era um habitante de tal região, transmitindo o nome aos seus descendentes. A forma Adriani trata-se do plural de Adriano.

Alves - Sobrenome português, considerado como sendo uma abreviação do sobrenome Álvares, o qual seria um patronímico pois deriva do nome próprio do fundador deste tronco familiar, no caso ele se chamaria Álvaro.

Agnolon - Sobrenome de origem italiana, classificado como sendo um patronimico, pois se remonta ao nome proprio do fundador deste tronco familiar, Agnolon vem de Agnolo com com a terminação one, porem truncada, possivelmente por uma tradução mal feita ou mal interpretada, ou por variação dialetal. A terminaçao one pode significar o aumentativo. Agnolo é a variação toscana e vêneta de Angelo, este se origina do grego Ággelos, mensageiro, que se latiniza em Angelus e nos meios cristãos passa a designar os anjos, mensageiros de Deus. Inicialmente, os primeiros a utilizar este sobrenome eram conhecidos como " Fulano Filius Quondam Agnolo " ou " Fulano filho do senhor Agnolo ", já a segunda geração, ou seja, os netos do senhor Agnolo já utilizavam o nome do avô diretamente como sobrenome, um de seus descendentes deve ter ganho a forma aumentativa de Agnolon, repassando-a assim a seus descendentes e se firmando como sobrenome.

Aguiar - Sobrenome de origem portuguesa, classificado como sendo um toponímico, pois tem origem geográfica, vem do latim Aguilare ( relativo a águia ). Primitivamente entendia-se pôr " lugar onde ordinariamente habitam águias ". O primeiro a utilizar este sobrenome foi Pedro Mendes de Aguiar, que viveu em tempo de D. Henriques ( Século 12 ). Já Aguilar seria a forma espanhola deste sobrenome, a linhagem dos Aguilar nasceu na Andaluzia ( principalmente em Córdova). O personagem principal deste sobrenome foi D. Afonso de Aguilar, senhor de Aguilar.

Aires - Sobrenome português, no século XIV foi encontrado como Airas, acredita-se que seja um hipocorístico de nomes germânicos iniciados pôr Hêri ou Hari, os quais tem o significado de "exercito", assim como o nome Ariovaldo.

Alcântara - Sobrenome português toponímico, vem do árabe Alcântara ( a ponte ). Como sobrenome na expressão Pedro de Alcântara é de origem cristã, pois se refere a São Pedro de Alcântara, o sobrenome foi adotado pôr seus descendentes e/ou seguidores.

Aldrovandi - Sobrenome italiano, variação regional de Aldobrandi, que vem do nome germânico Aldebrand ou Alteprand ( formado de alda, "velho, sábio e branda, incêndio, fogo e também metal luzido, espada, como o sentido de espada sábia, experiente ), latinizado em Alteprandus, Aldebrandus, Aldobrandus, o sobrenome se define através da expressão " Filius Quondam Aldrovando " ou " Filho do Sr. Aldrovando " e passa para o plural através de " Cassata dei Aldrovandi " ou " Casa dos Aldrovandos ".

Almassy - Infelizmente nada possuimos a respeito deste sobrenome de origem húngara, tem alguma ligação com o conde Laslo Almassy (O paciente Inglês). Possui uma representação reduzidíssima no Brasil e no EUA. Caso alguem possua alguma informação, por favor, entre em contato conosco.

Almeida - Sobrenome português, sua origem vem do árabe a ( al ) mesa ( meida ), em sentido geográfico seria " planalto ou chão plano ". Descendem os Almeida de D. Fernão Canelas, senhor das Quintas do Pinheiro e Canelas, pai de João Fernandes de Almeida. Procede tambem desta família Egas Moniz, conquistador de Almeida, da qual um de seus filhos tomou o nome pôr sobrenome.

Altamirano - Aquel que vive en las tierras altas. De acuerdo con el Diccionario de Apellidos – Enciclopedia Heraldica y Genealogia, el apellido Altamirano, cuya primera mención es del año 978 D.C., es castellano y procede de la provincia de Avila, España . Ilustres tratadistas dicen que viene su origen del linaje de Ontiveros u Hontiveros, y apoyan sus manifestaciones en que los Altamirano traen roeles en sus armas, piezas que también los Ontiveros ostentan en las suyas. Pero aunque así fuera, cosa que no está comprobada, tal argumento careceria de solidez para confirmar esa procedencia, proque son muchos y mui diversos los linajes que tienen roeles en su escudo y , sin embargo, no dimanan unos de otros. Es muy problable que esse aserto de que los Altamirano procedem de los Ontiveros parta de una confusión sufrida por la semejanza del nombre Ontiveros y el de Fontiveros, que lleva una villa del partido judicial de Arévalo, en la provincia de Ávila, y en cual radicó una antigua casa de los Altamirano, según se deduce de datos e pruebas de verdadero valor. Y es para nosotros tan evidente esa confusión, que la encontramos hasta en expedientes de pruebas de nobleza de individuos del linaje Altamirano, puesto que en alguno se dice que eran naturales de Ontiveros, partido judicial de Arévalo, y ni en este partido ni en la provincia de Ávila hay ningún pueblo que llame así, y en cambio existe uno con la denominación de Fontiveros, en el mencionado partido de Arévalo.

Alzamora - Sobrenome catalão procedente do topónimico ALSAMORA (castelhanizado em ALZAMORA), pequeno povoado do nordeste da Cataluna, de origen árabe. Em Mallorca, Alzamora corresponde a uma importante familia de comerciantes estabecida desde tempos antigos na ilha.

Amâncio - Sobrenome de origem européia, provavelmente de portugueses, considerado como um patronímico, pois deriva de um nome próprio, o nome Amâncio vem do latim Amantius que significa " que ama, amante ". Tomou forma de sobrenome através de alguém conhecido como " Fulano filho do Sr. Amâncio " ou " Fulano filho de Amâncio " ou ainda "Fulano do Amâncio ", transmitindo posteriormente esta designação aos seus descendentes.

Ament - Infelizmente nada possuimos a respeito deste sobrenome familiar, caso alguem possua alguma informação, por favor, entre em contato conosco.

Andrade - Sobrenome portugues, classificado como toponimico ( de origem geografica ). Procedem de um dos cinco cavaleiros que passaram a Espanha, na guerra dos mouros, com o conde D. Mendo. É seu solar a vila de Andrade, no reino de Galiza. Os de Portugal descendem de Nuno Freire de Andrade, mestre da Ordem de Cristo, que passou a Portugal no reinado de D.Pedro de Castela.

Andrino - Sobrenome de origem italiana, classificado como sendo um patronímico pois tem sua origem no nome próprio do fundador deste tronco familiar, vem da junção de Andri que seria uma variação regional do nome André com o sulfixo diminutivo ino, formando algo como " Andrezinho ", assume a forma de sobrenome através da expressão " Filius Quondam Andrino " ou seja " Filho do Sr. Andrezinho ".

Angelin - Sobrenome italiano, forma reduzida de Angeloni. Ver Angeloni para mais dados.

Angeloni - Sobrenome italiano considerado como sendo um patronímico pois deriva do nome próprio do pai do portador inicial, vem de Ângelo com o sufixo aumentativo plural oni, Ângelo vem do grego ággelos ( pronuncia-se ánguelos ), mensageiro, enviado, nos ambientes cristãos se difunde como "Mensageiros de Deus" ( anjos ), como nome próprio é um dos mais freqüentes em todos os tempos na Itália.

Angles - Os Angles, tribo pertencente aos povos germânicos. Os Germanos habitavam norte da Alemanha,sul da Suécia, Dinamarca e às margens do Báltico. Os germânicos se desmembraram em outras tribos chamadas Alemanni, Saxões, Burgundii, Lombardos, Visigodos e Vândalos.

Antunes - Sobrenome utilizado principalmente pôr portugueses, mas encontrado também em outras regiões da Europa, trata-se de um patronímico, pois recorda o nome do pai do portador inicial, vem do nome próprio Antônio, assim o filho do Sr. Antônio era chamado de Antunes, assim como outros sobrenomes conhecidos, veja pôr exemplo : Marcondes, Lopes, Sanches, etc.

Aranha - Sobrenome português primitivo, provavelmente derivado de uma alcunha (apelido) do portador inicial, referindo-se ao animal, existem documentos do século 13 que já citavam o uso deste sobrenome.

Araújo - Sobrenome toponímico utilizado em Portugal e na Espanha, porem seu uso inicial se deu na Espanha proveniente do castelo de Araúja, próximo ao rio Minho. Passou a Portugal através de Pedro Pais de Araúja, alferes-mor do reino de leão e depois do reino de Portugal. Tomou a forma masculina pôr se referir freqüentemente a homem.

Arco e Flexa - Sobrenome criado após guerra, por holandeses foragidos no Brasil. Dizem que o sobrenome anterior desta familia era van der Ley , para a origem veja "Wanderley".

Arruda - Sobrenome de origem portuguesa, classificado como sendo um toponímico, refere-se a um lugar onde há arrudas ( planta ).

Assis - Sobrenome de origem religiosa, deriva de São Francisco de Assis, isto é da cidade de Assis ( latim Assisium) na Itália (Umbria), patria deste grande santo (1182-1226).

Assunção ( de ) - Sobrenome português de origem religiosa, refere-se a subida de Maria Virgem aos céus, donde Nossa Senhora da assunção, cuja festa comemora-se em 15 de agosto, em espanhol encontramos a variação Asuncion, deu origem também ao nome próprio Assunta, em épocas remotas era comum algumas famílias adotarem nomes religiosos para reforçar suas posições de católicos e assim trazer bons fluidos para aquela família.

Aurélio - Como sobrenome, classifica-se como patronímico, pois deriva de um nome próprio, o nome do fundador desta família, o nome Aurélio vem do latim Aurelius derivado de aurum ( ouro ou dourado ).

Azevedo - Sobrenome português toponímico, indica um lugar plantado de azevinhos, diminutivo de azevo "arbusto espinhoso" . Pedro Mendes de Azevedo foi o primeiro que assim se chamou da Quinta de Azevedo em entre Douros e Minho, onde fica o solar desta família.

Azzolini - Sobrenome italiano, classificado como sendo um patronimico, pois tem sua origem ligada a um nome proprio, é composto de Azzo acrescido do sufixo ini (diminutivo plural muito usado pelos italianos), Azzo éra uma redução popular para diversos nomes de origem germanica iniciados pelo elemento atha, athala (nobre,nobreza, de estirpe) tais como adalberto, adelmaro, etc. Era uma redução grafada com o sufixo arcaico zo, que na idade média se grafava sob varias formas (Atzo, Aczo, Acio ou Atho). A forma plural indica um clã familiar.